fbpx

Processo de Coaching

Processo de Coaching


Processo de Coaching

O que significa Processo de Coaching ou Processo de Pensar e Agir?
O Coaching, através de procedimentos, metodologia científica e aplicação de diversas ferramentas da psicologia comportamental, visa a elevação de resultados positivos de um indivíduo ou grupos de indivíduos, nas suas relações pessoais, sociais e profissionais. É um plano de desenvolvimento pessoal, otimizando os seus Conhecimentos, as suas Habilidades e as suas Atitudes (CHA).
Conhecimento é o saber que estudamos em várias fases da nossa vida e o possuímos muitas vezes sem usarmos. A habilidade é o que sabemos fazer. Não somente temos o conhecimento, mas sabemos fazer. A atitude das pessoas é decidirem colocar as suas habilidades em ação, produzindo os resultados necessários.
Mas como garantir que nossas atitudes, somadas ao nosso conhecimento e habilidade produzirão os resultados necessários? Como temos conhecimento de quais são os resultados necessários para produzi-los?
O Físico Fritjof Capra, autor de vários livros que explora a mudança fundamental de visão do mundo que está ocorrendo atualmente na ciência e na sociedade – uma mudança que não é nada menos que o desdobramento de uma nova visão da realidade – e as implicações sociais dessa transformação cultural, pergunta em seus livros:
Qual o seu processo de pensar?
E, consequentemente, de perceber o mundo?
E a partir desta percepção,
Como você se coloca no mundo?
Já é conhecimento universal que o nosso processo de pensar é único. Pode ser até que nosso pensar seja próximo do pensar de outras pessoas mas, as nossas vivências – que originaram os nossos comportamentos – foram únicas. Estas vivências que passamos originaram o que chamamos de paradigmas ou verdades absolutas, inquestionáveis.
Com os nossos paradigmas consolidados, filtramos e analisamos os acontecimentos diários de nossas vidas, julgando-os de acordos com as nossas verdades absolutas. Nesta percepção do mundo que criamos, colocamos em ação os nossos comportamentos de acordo com os nossos pensamentos, nos relacionando com pessoas de percepção parecida (conhecido como tribos).
Mas e quando o nosso relacionamento profissional e social entra em choque com as nossas percepções? Não podemos facilmente escolher os nossos colegas da escola ou da empresa, por exemplo. Somos obrigados não somente a conviver com pessoas de outros pensamentos, mas inclusive formar grupos de trabalhos dentro das empresas e mesmo em escolas.
Neste momento, precisamos nos conhecer internamente, os nossos paradigmas, os nossos centros de apoio alternativos, enfim o nosso modo de pensar e o modo de pensar das outras pessoas ao nosso redor com a finalidade de uma integração pessoal com a equipe de pessoas à nossa volta. Afinal é devido a essa integração das pessoas em equipes que produzem os resultados esperados que somos avaliados nas empresas em que trabalhamos.
Com ferramentas específicas e metodologias científicas consagradas, o Coach (instrutor) tem as condições necessárias de iniciar as mudanças comportamentais do seu Coachee (aluno) para a elevação de resultados positivos dele.
Quais os Benefícios diretos?
Abaixo, listamos alguns dos inúmeros benefícios de se conhecer as ferramentas utilizadas no processo de coaching. Estes benefícios são importantes quando se está liderando equipes ou quando pertence a uma equipe. Afinal, em uma equipe estamos sempre gerenciando os nossos colegas para atingirmos, em conjunto, os objetivos esperados pela empresa.
Gestão de pessoas – Temos necessidades comportamentais diferentes de nossos colegas com quem trabalhamos diariamente. Para que uma equipe seja eficiente e dela se consiga os resultados que a empresa necessita e que os clientes internos e externos esperam, é de fundamental importância que o Gestor saiba identificar cada integrante de sua equipe e forneça as informações necessárias de forma assertiva a cada membro.
Comunicação Assertiva – Nas equipes empresariais, cada setor tende a formar equipes com os comportamentos necessários às suas funções. Assim, por exemplo, para o departamento de vendas, temos que ter membros sociáveis, extrovertidos para dialogar com os clientes de comportamentos variáveis. A comunicação com eles é fácil por terem facilidade de se adaptarem a situação. Porém, também tem facilidade de inverterem comunicações que não lhe interessam.
Já o pessoal de contabilidade e administração são mais retraídos e gostam de seguir processos fixos e repetitivos. Não aceitam constantes alterações nos procedimentos. Mas uma vez comunicado com clareza com ajuda dos exemplos e processos, costumam seguir as diretrizes sem divergências.
Motivação pessoal e trabalho – Já pensou como conseguir manter um profissional motivado constantemente produzindo os resultados esperados? Isso somente é possível quando conhecemos quais são os seus comportamentos internos, os seus centros de apoio alternativos, as suas motivações, etc. Quantos exemplos de profissionais que foram promovidos e acabaram sendo demitidos alguns meses depois por falta de comportamentos esperados?
Pensamento positivo – 100 anos atrás aproximadamente, Albert Einstein consolidou a teoria da física moderna onde tudo é energia, podendo se apresentar da forma condensada ou não. Na década de 1970, Richard Gerber publicou o livro Medicina Vibracional com experimentos científicos provando a força e as consequências dos nossos pensamentos devido a emissão de energias no ambiente. Assim, se temos certeza que atingiremos os resultados, estaremos trabalhando a nossa atitude para realizar as ações visando o resultado final. Mas se mantivermos pensamentos que algo não dará certo, não nos aplicaremos o suficiente para produzir os resultados necessários.
Hierarquia das Necessidades das Pessoas – Também conhecido como Pirâmide de Maslow, na década de 1950 o Psicólogo Abraham Maslow publicou a referida Hierarquia das Necessidades humanas com o objetivo de determinar o conjunto de condições necessárias para que um indivíduo alcance a satisfação, seja ela pessoal ou profissional. Desse modo, o gestor de pessoas deve sempre observar onde cada membro de sua equipe se encontra nas áreas racionais, emocionais e espirituais. Somente com esta análise, pode-se fornecer a cada membro o que ele realmente precisa.
Consulte-nos sobre o processo de coaching e aproveite para participar.
Faça como os campeões. Não deixe para amanhã, se inscrevendo hoje!