fbpx

PNL – O Mapa básico

PNL – O Mapa básico


PNL – O Mapa Básico

PNL – O Mapa Básico
O mapa básico da PNL inicia apresentando as fontes consultadas e estudadas por John Grinder e Richard Bandler na configuração das teorias da PNL.
Comunicação Cibernética, ou seja, se alguém pode realizar algo e, se podemos copiar como aquilo é feito, podemos conseguir os mesmos resultados que a pessoa conseguiu. Seu foco é como qualquer coisa (digital, mecânica ou biológica) processa as informações, reage às informações e muda ou pode ser alterada para realizar melhor as duas primeiras tarefas.
Estados Alterados de Consciência, ou seja, o processo de transe hipnótico e seu potencial para conversar com o inconsciente, onde o indivíduo é capaz de encontrar dentro de si as respostas e a cura para suas fobias, ansiedade, traumas, medos, depressão, stress, síndrome do pânico, entre diversos outros problemas psicológicos.
Terapia de Família. Trata-se de uma abordagem psicoterapêutica, onde participam pais, filhos, avós e até mesmo pessoas que não sejam da família, mas, que sejam próximas a ela. Baseia-se em um diálogo entre as partes envolvidas visando trazer à tona as raízes dos conflitos, as motivações que levam cada membro da família a insistir em comportamentos destrutivos.
Gestalt Terapia é centrado na ideia de que tudo que nos rodeia e faz parte do ambiente em que vivemos está ligado ao modo como enxergamos o mundo (nossos filtros), como nos posicionamos frente aos desafios e como vemos a nós mesmos. Ou seja, tudo o que faz parte da nossa vida é utilizado para compreendê-lo como um todo. Sem entender profundamente todas as partes que formam um indivíduo é impossível compreendê-lo em sua plenitude.
O próximo passo era verificar como estas teorias poderiam, conjuntamente, beneficiar as pessoas.
Após estudar as teorias das fontes apresentadas acima, John e Richard passaram a estudar como que estes estudos conseguiam se COMUNICAR com as pessoas, quais as modificações que ocorriam na ÁREA NEUROLÓGICA dos indivíduos, e o que as palavras utilizadas por estes estudos desencadeavam nas referências internas das pessoas. Qual a LINGUÍSTICA (verbal e não verbal) que eles utilizavam e quais os SENTIDOS (Visão, Audição, Tato, Olfato, Paladar) que eles estimulavam nos indivíduos para efetuar as mudanças internas esperadas e necessárias.
Afinal, cada indivíduo é único e passou por experiências e vivências diferentes em cada momento de sua vida.
Em seguida, começaram a pesquisar quais ferramentas e instrumentos poderiam utilizar para poderem aplicar nos indivíduos, levando-os para os estados de excelência desejados.
A Acuidade Sensorial é a capacidade desenvolvida pela consciência de observar e sentir o ambiente, as consciências e as energias a sua volta com agudez e perspicácia, através da otimização dos sentidos básicos (visual, auditivo, cinestésico, olfativo ou gustativo).
Os Padrões de Linguagem na PNL são técnicas que podem ser verbais ou não verbais para fazer com que uma pessoa faça coisas que normalmente não faria, mudando suas crenças, seus pensamentos, convencendo-a de algo ou colocando-a em movimento.
A Modelagem é o processo de codificação do talento. É a compreensão, através de técnicas específicas, de como as coisas funcionam, como uma pessoa constrói a sua expertise, como ela faz para obter resultados consistentes.
Os Estados de Excelência são atingidos quando temos a possibilidade consciente de potencializar nosso estado emocional, gerindo e controlando-o. Como pensamos acerca de nossos valores e crenças, construindo nosso mundo interior dotados de significados positivos.
Anthony Robbins, explica que: “Rapport é a capacidade de entrar no mundo de alguém, fazê-lo sentir que você o entende e que vocês têm um forte laço em comum. É a capacidade de ir totalmente do seu mapa do mundo para o mapa do mundo dele”. É um pré-requisito para uma comunicação bem-sucedida.
A Capacidade de Comunicação é a possibilidade de transmitir uma informação de maneira que – quem recebe a mesma – consegue interpretar a informação da maneira mais próximo possível de quem a transmitiu. Devido aos filtros e experiências que possuímos, as informações transmitidas podem chegar distorcidas por quem as recebe.
As pessoas já dispõe de todos os Recursos que precisam. O que elas necessitam é ter acesso a esses recursos nos momentos e lugares apropriados.
A partir desse ponto, começaram a verificar em quais áreas pessoais ou profissionais poderia ser aplicada a PNL, com a finalidade de obter os resultados de excelência. A conclusão é que se pode aplicar as técnicas da PNL em diversas áreas, tais como processos de recrutamento e seleção, em aprendizagem organizacional, coaching, segurança do trabalho, desenvolvimento de lideranças, direito, terapias, saúde, educação, negócios, etc., devido a abordagem ser sempre no indivíduo.
PNL – Mapa Básico Completo